Nota Técnica sobre Vacina H1N1 x Testes Anti HIV

19/06/2010 às 0:05 | Publicado em Saúde | 1 Comentário
Tags: , , , , , , , , , , ,

Ministério da Saúde editou Nota  Técnica sobre Testes Anti HIV em indivíduos que foram imunizados contra o vírs da Influenza A (H1N1 ).

Confira a íntegra da orientação:Vacina H1N1 x Testes Anti HIV Nota Tecnica MS-1

Anúncios

Empresas não podem mais exigir teste de HIV

05/06/2010 às 0:05 | Publicado em Cidadania, justiça, sindmepa | Deixe um comentário
Tags: , , , , ,

O Ministério do Trabalho editou uma portaria proibindo que as empresas façam teste de HIV em seus funcionários durante os exames médicos periódicos e de admissão. Até então, a medida só existia na administração pública, mas estava prevista no Programa Nacional dos Direitos Humanos, lançado no fim do ano passado.

Além do Programa de Direitos Humanos, o governo se baseou na Lei nº 9.029, de 1995, que proíbe a exigência de atestados de esterilização ou de gravidez de suas funcionárias durante os exames de admissão. A mesma legislação veta outros tipos de práticas consideradas discriminatórias, mas não especifica os casos. A medida do Ministério do Trabalho seguiu também uma portaria interministerial de 1992, que proíbe, no âmbito do serviço público federal, exigência de teste de HIV, tanto nos exames pré-admissionais quanto nas consultas periódicas de saúde. O governo ressaltou que as empresas podem fazer campanhas ou programas que estimulem os funcionários a conhecer seu estado sorológico de HIV por meio de exames. Entretanto, os testes devem ser feitos de forma voluntária, sem vínculo com o trabalho e resguardando a privacidade e os resultados. Continua: MTE edita portaria proibindo que as empresas exijam teste de HIV em seus funcionários durante os exames médicos periódicos e de admissão

Fonte: Correio Brasiliense

Aids: como se escreve?

18/02/2010 às 0:05 | Publicado em Cultura, Saúde | 1 Comentário
Tags: , , , ,

Para dirimir dúvidas.

A sigla AIDS, no mundo, foi a primeira a ser utilizada como Síndrome.
Houve mudança nos países de lingua espanhola, francesa e portuguesa para
SIDA (maiúscula), entretanto o Brasil manteve como “AIDS”, pois SIDA (em
maiúscula) ou sida (em minúscula) não ficaria bem ao país por termos
N.S. Aparecida com padroeira e muitas mulheres com esse nome que são
chamdas de Cida. Essa foi uma decisão muito antiga do Ministério da
Saúde (1989-1990).

Como escrever:
Aids (com a primeira letra maiúscula) – só quando vier em títulos
escritos em caixa alta e baixa (Pessoas Vivendo com HIV e Aids) ou quando
apresentando o nome no Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais.

No diário, utilizar aids (todas com letras minúsculas) – sempre escrito
em caixa baixa, pois trata-se de um substantivo comum, já no dicionário
em nossa língua. Isso também serve para a escrita das demais doenças:
sífilis, gonorréia, hepatite etc.

Fonte: Dra Helena Brígido, infectologista

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.