CFM propõe ação de combate ao Escalpelamento

05/02/2013 às 20:26 | Publicado em Movimento médico, Waldir Cardoso | 2 Comentários
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

EscalpeParticipei ontem de importante reunião da Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Conselho Federal de Medicina (CFM). Esta Comissão é presidida pelo Dr. Henrique Batista, Secretário Geral do CFM, e Coordenada pelo médico Ricardo Paiva, ícone da luta pelos direitos sociais no movimento médico.

Com o objetivo de diminuir os casos de escalpelamentos na região Norte do país, a CAS organiza uma campanha publicitária sobre o assunto. Deste novo encontro participaram representantes da Secretaria de Estado da Saúde do Pará, da Marinha Brasileira, do Ministério da Educação, e da Associação de Vítimas de Escalpelamento.

O objetivo é orientar a população ribeirinha a se transportar com segurança. A proposta é trabalhar de forma articulada a fim de prevenir acidentes desta origem, que fez centenas de vítimas, nos últimos anos, nos estados do Pará e Amapá. Só no Pará foram 391 vítimas desde 1979.

 O esclapelamento é causado pelo eixo que transfere a força do motor à hélice e que passa pelo meio dessas embarcações. Como em muitas delas a engrenagem não é coberta por nenhum tipo de proteção, o escalpelamento acontece quando os cabelos da passageira se enroscam no eixo, que continua a girar, arrancando o couro cabeludo.

 A proposta do CFM é mostrar a importância das mulheres prenderem o cabelo nessas viagens. A campanha também incentivará os barqueiros a cobrirem o eixo motor, ação gratuita e realizada pela Marinha. Entretanto por medo de represarias os donos dos barcos acabam fugindo da fiscalização.

O setor de Comunicação do CFM apresentou a proposta de mídia para a campanha. A atriz paraense Dira Paes aceitou ser a “madrinha” da campanha e vai gravar sua participação, gratuitamente, logo após o final das gravações da novela que, neste momento, lhe toma todo o tempo disponível. Foi apresentado modelo de cartaz que serão distribuídos nos estados do Pará e Amapá.

Presentes, a Sra. Socorro Silva, Coordenadora de Mobilização Social e a enfermeira Dione Cunha, Diretora Pública de Atenção Integral à Saúde, representantes da Secretaria Estadual de Saúde do Pará, apresentaram o Programa de Prevenção de Escalpelamento por acidente de motor da Secretaria de Saúde do Pará e informações sobre o histórico de trabalho da SESPA no enfrentamento do problema. Apresentaram a portaria de 2008 que criou a Comissão Estadual de Erradicação dos acidentes com escalpelamento no Estado do Pará e os avanços obtidos até o momento com o trabalho. O estado do Pará tem 391 casos catalogados e atendidos desde 1979.

Por fim foi proposto, e aprovado, que a campanha será desencadeada tão logo o vídeo e áudio sejam gravado com a atriz Dira Paes e o material impresso esteja pronto. Todo o financiamento será responsabilidade do Conselho Federal de Medicina. Aprovamos também solicitar audiência com o Ministro da Saúde e articular a realização de audiência pública na Câmara dos Deputados.

A iniciativa é uma demonstração cabal do compromisso do CFM e dos médicos com a saúde pública, particularmente, daqueles que mais precisam.

Fonte: CFM                                    

Anúncios

2 Comentários »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. A Dione é enfermeira!!!

    • Falha nossa…

      Corrigindo!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: