Consulta de Convênio: quanto sobra para o médico

01/04/2010 às 0:05 | Publicado em Movimento médico | 1 Comentário
Tags: , , , , ,

Antonio Celso Nunes Nassif foi presidente da Associação Médica Brasileira na década de 90. Paranaense é Doutor em medicina pela UFPR. Ele acaba de publicar artigo em que atualiza os cálculos do custo do consultório versus a realização de um determinado número de consultas. Foi apresentado ontem na reunião da Comissão Nacional de Saúde Suplementar como informe. Fui buscá-lo no site do Conselho de Medicina do RS e divido com vocês:

“Levaremos em conta, de forma imaginária, um médico que exerça a profissão em consultório alugado, com duas salas e banheiro, em prédio de condomínio, possua todo o equipamento necessário à sua especialidade, tenha telefone, uma recepcionista, faxineira, mobiliário completo para recepção e arquivos.  Que trabalhe 4 (quatro) horas diárias, atendendo exclusivamente pacientes de convênios e/ou planos de saúde.

Neste caso, as consultas eletivas têm um limite máximo, equivalendo a R$42,00, bem abaixo do proposto pela CHBPM elaborada pelas entidades médicas nacionais. Vamos considerar uma receita resultante do atendimento em torno de 170 pacientes / mês, podendo variar para mais ou para menos em função das condições essenciais para a receita, cujos pontos principais relacionamos abaixo.
As despesas serão calculadas dentro de limites mínimos. Com a inflação baixa nos últimos cinco anos e mantida sob controle, elas deveriam ter permanecido mais ou menos estáveis, mas, infelizmente isto não ocorreu em vários itens. Desta forma irão alterar significativamente o custo operacional.
Com base nestes dados, pretendemos estabelecer o valor líquido e atualizado, de uma consulta eletiva para convênios. (…)

Continua: Consulta de Convênio – valor para 2010 MAR 2010

Anúncios

1 Comentário »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. O doutor Nassif foi feliz ao elaborar a planilha dos custos, demonstrando a situação falimentar dos médicos “da Av Paulista”, conforme aludiu o guru Lula. Imaginem se o Nassif colocasse as despesas com a educação da família,alimetação e os ítens básicos de subsistência? Viveríamos abaixo da linha da pobreza. Mas, tudo bem, podemos ter outro emprego pagos pelos nossos governantes… Infelizmente, nós médicos, perdemos o poder de nos indignarmos, e tudo continua como está.
    Mestrinho,
    Brasília-DF.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: