SAÚDE DA FAMÍLIA: Flexibilizar sem perder a compostura

19/01/2010 às 0:05 | Publicado em Saúde | Deixe um comentário
Tags: , , , ,

Em que pesem os grandes avanços obtidos com a implantação do Programa de Saúde da Família (PSF) no Brasil, restam importantes desafios para a completa realização dos objetivos do programa, entre eles a flexibilização de algumas de suas “cláusulas pétreas atuais”, por exemplo, relativas à incorporação de profissionais vinculados aos antigos regimes de trabalho.
Há muita mudança a ser feita e o ponto de partida para as mesmas não deve ser uma tabula rasa, mas sim aquilo que já foi construído ao longo de toda uma década. A essência do processo deve estar assentada no incrementalismo, fugindo, igualmente, de uma explosão mudancista, de um paralelismo escapista, bem como de um normativismo estreito.
O conceito de Equipe de Saúde da Família, por exemplo, é fortemente marcado pelo normativismo, gerando o paradoxo da falta de alguns médicos (os generalistas) enquanto outros sobram no mercado (os pediatras e ginecologistas, por exemplo). Ademais, o modelo tradicional ainda está em vigor em toda parte, mas cabe indagar se é possível transformar suas práticas ou adequá-las aos princípios e diretrizes de um modelo inovador, no caso, o de Saúde da Família.
Continua: SAÚDE DA FAMÍLIA – FLEXIBILIZAR SEM PERDER A COMPOSTURA.

Artigo de Flávio Goulart. Médico sanitarista, Doutor em Saúde Pública
Fonte:Revista Olho Mágico, Rede Unida. Vol. 13. Nº1. Janeiro/Março de 2006

Anúncios

Deixe um comentário »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: