Impacto da ilegalidade do aborto para a vida das mulheres na Paraíba

17/12/2009 às 0:05 | Publicado em Saúde | Deixe um comentário
Tags: , , , ,

Dossiê revela o impacto da ilegalidade do aborto para o SUS e para a vida das mulheres na Paraíba
Novembro 2009 – Evanize Sydow

Representantes de Ipas Brasil, Cunhã – Coletivo Feminista, Grupo Curumim (Pernambuco) e CFEMEA (Brasília) estiveram na Paraíba nos dias 20 e 21 de outubro para investigar os números e o impacto da ilegalidade do aborto para as mulheres e o sistema público de saúde no estado. Os resultados fazem parte do Dossiê sobre a Realidade do Aborto Inseguro na Paraíba: O Impacto da Ilegalidade do Abortamento na Saúde das Mulheres e nos Serviços de Saúde de João Pessoa e Campina Grande.
Foram visitadas duas maternidades – Maternidade Instituto Saúde Elpídio de Almeida (ISEA), em Campina Grande, e Instituto Cândida Vargas, em João Pessoa – para avaliar a qualidade do atendimento às mulheres.
Dados revelam que a ilegalidade do aborto no Brasil impacta diretamente na qualidade do atendimento no sistema público de saúde, denunciando uma realidade de violação dos direitos humanos das mulheres e de pouca otimização dos recursos públicos voltados para a saúde da mulher na Paraíba. Um exemplo é a baixa utilização da AMIU (Aspiração Manual Intra-Uterina) no estado, que tem inúmeras vantagens – inclusive de menor custo para o SUS – em relação ao procedimento de curetagem pós-abortamento.
A curetagem prolonga o tempo de internação, oferece riscos de infecção para as mulheres e é mais cara do que a AMIU. Enquanto João Pessoa realizou apenas 29 AMIU entre janeiro de 2008 e junho de 2009, foram realizadas, na capital, 2.803 curetagens e, em Campina Grande (onde ainda não é realizado o procedimento de AMIU), 2.319 aspirações no mesmo período. Os gastos públicos em João Pessoa com curetagens pós-abortamento foram de R$ 532.422, 44. Em Campina Grande, o custo com o procedimento foi de R$ 414.004,70. Ao mesmo tempo, foram gastos com AMIU apenas R$ 3.746,14, em João Pessoa, no mesmo período.
Para ver alguns resultados, acesse o link: www.ipas.org.br

Fonte: Ipas Brasil

Anúncios

Deixe um comentário »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: