Natimorta CPI da Saúde em Belém

19/03/2009 às 18:10 | Publicado em Política, Saúde | 1 Comentário
Tags: ,

As Comissões Parlamentares de Inquérito são instrumentos das minorias. Para serem instaladas independem do plenário. Ora, se independem do plenário, não podem depender da vontade do Presidente da casa legislativa. É de uma obviedade ofuscante. No Pará e, particularmente, em Belém é diferente. Os poderes constituídos estão carcomidos pela mediocridade e leniência. Este descaso não é prerrogativa do parlamento municipal. A crise da saúde é grave e o Ministério Público está absolutamente omisso. É como se os Promotores de Justiça estivessem morando em outra cidade, em outro estado, em outro país ou em outro planeta. Não é com eles! Incrível, não agem de ofício. Tem que ser provocados. E quando provocados nada fazem. Não seria necessário, mas quero lembrar que o Ministério Público é uma instituição que defende (ou deveria…) a cidadania, a ordem jurídica, o regime democrático, os interesses sociais e individuais indisponíveis. Bonito não? E o executivo estadual. Vive alardeando uma fantasiosa “terra de direitos”. Que direitos? A SESPA mantém-se silente, falando apenas quando provocada pela secretária municipal de saúde que, em seu desvario, só consegue acusar o governo estadual de não governar Belém.
A crise é grave, transformou-se em doença crônica com períodos de agudização como o que vivemos agora. Tudo o que está acontecendo já foi exaustivamente denunciado pelo Sindicato dos Médicos. Ao Ministério Público Estadual e Federal, à SESPA, à governadora, ao prefeito e à Câmara Municipal. Só faltou denunciar ao Bispo.
Finalmente, os vereadores resolveram tomar uma posição. A minoria, fique claro. Bem, antes tarde do que nunca. Parabéns aos vereadores que se sensibilizaram com a agonizante saúde de Belém. Mas, como eu dizia, CPI em Belém é diferente. O instituto da CPI em Belém não funciona. Como não funcionam os poderes constituídos para o que foram constituídos: servir ao cidadão. A CPI não foi instalada porque a sociedade não é respeitada, parece estar em estado de catatonia. Ocorrem alguns espasmos de reação, e logo todos voltam ao seu dia a dia, ao seu cotidiano, a cuidar de seus interesses pessoais. Parece que perdemos a capacidade de nos indignar. De reagir.
No dia 07 de abril comemora-se o Dia Mundial da Saúde. Data Vênia (como dizem nossos causídicos), nada temos a comemorar. Mas podemos protestar. E vamos fazer um protesto. No domingo, dia 05, vamos para a Praça da República, nosso palco municipal de atividades. Vamos fazer uma agitação. Com uma bike som e panfletos. Todos estão convidados. Vamos manifestar nossa indignação. Participe. Basta sua presença. Vamos dar um recado para as autoridades de saúde. Divulgue em suas listas da internet. Avise os amigos. Nos ajude a ajudar a saúde de Belém.

Anúncios

1 Comentário »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. Já estou divulgando!
    Bjs


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: